Profº MsC. MÁRCIO BALBINO CAVALCANTE. Geógrafo - UEPB; Mestre em Geografia - UFRN e Especialista em Ciências Ambientais - FIP. - Cidade: João Pessoa, Paraiba - Brasil E-mail: marcio-balbino@hotmail.com SEJA BEM VINDO !!!
Quinta-feira, 31 de Maio de 2012
Terremotos deixam mortos e feridos no norte da Itália

Fábricas e edifícios históricos desmoronaram com o tremor de 5,8 graus na escala Richter, seguido por pelo menos 40 réplicas de menor intensidade

REDAÇÃO ÉPOCA COM AGÊNCIA EFE

itália terremoto (Foto: Marco Vasini/AP)

 

      Três terremotos – de magnitude 5,8, 5,3 e 5,1 graus na escala Richter – atingiram a região de Emilia Romanha, norte da Itália, nesta terça-feira (29). O abalo causou o desmoronamento de edifícios, fábricas, igrejas e prédios históricos. Pelo menos 15 pessoas morreram e algumas continuam desaparecidas.

       Os tremores foram sentido em todo o norte e o centro do país, nas regiões - além de Emilia Romagna - de Gênova, Lombardia, Piemonte, Vêneto e Toscana, e foram desalojados diversos edifícios públicos em cidades como Milão, Bolonha e Florença. O prefeito de Concordia, Carlo Marchini, afirmou ao canal de televisão "Skytg24" que a "situação é muito grave" nessa região.

        Enquanto tentam identificar as 13 vítimas mortais, as autoridades já anunciaram a morte de três trabalhadores – um italiano, um marroquino e um indiano –, após o desabamento de uma empresa de construção na comuna de San Felice sul Panaro, além de um técnico italiano que esteve na fábrica hoje para comprovar sua estabilidade.

       Em Mirandola, foram registradas duas mortes em outra fábrica, enquanto em Concordia um idoso morreu ao ser golpeado por uma cornija. Além disso, outras duas pessoas morreram em Finale Emilia e em Cavezzo, assim como o pároco de Rovereto di Novi.

       Os terremotos tiveram seu epicentro na província de Modena, região de Emilia Romagna, na mesma área em que aconteceu o terremoto de 20 de maio, que deixou sete mortos, cerca de 50 feridos e mais de cinco mil evacuados. Fontes do Instituto de Geofísica da Itália confirmaram que a magnitude do primeiro e mais grave temor ficou entre 5,7 e 5,8 graus na escala Richter e a uma profundidade de 10 quilômetros, muito similar ao tremor de 5,9 graus de 20 de maio, embora de menor duração.

       Este sismo foi seguido por até 40 réplicas de menor intensidade, até que às 13h locais (8h de Brasília) aconteceram dois novos terremotos de 5,3 e 5,1 graus na escala Richter. Foram reportados novos desmoronamentos de edifícios históricos e igrejas das zonas já afetadas pelo último tremor. As autoridades ferroviárias da Itália suspenderam o trânsito de várias linhas na região para avaliar possíveis danos.

      O primeiro-ministro italiano, Mario Monti, compareceu perante os jornalistas após o terremoto para garantir que "fará todo o possível" para levar ajuda aos cidadãos.




Publicado por Profº Márcio Balbino Cavalcante às 00:14
Link do Artigo | Comentar | favorito

Visitantes ao Site
Artigos Publicados

Plano de Curso - Geografi...

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: DA ES...

RIO+20: DA FARSA ECOLÓGIC...

AQUECIMENTO GLOBAL: "TIRO...

Telescópio registra image...

Rio+20 deixa ação para pr...

ONU lança índice 'verde' ...

O desafio de garantir riq...

Desastres naturais matara...

“Não há desenvolvimento s...

"Rio+20 oxigenará debate ...

“A Rio+20 está atrasada. ...

5 de junho - Dia do Meio ...

Terremotos deixam mortos ...

UFRN registra aumento de ...

Quanta água existe na Ter...

Você sabe o que é um cont...

PONTO MAIS ORIENTAL DAS A...

Os terremotos quando a te...

"A GEOGRAFIA ESTÁ NA MODA...

22 de Março – Dia Mundial...

Paulo Freire e a reinvenç...

Do Código Florestal para ...

Para que serve a escola p...

A geografia da sociedade ...

MURO DE BERLIM: 20 ANOS D...

A GEOGRAFIA E A IMPORTÂNC...

Mais da metade do cerrado...

PANDEMIA DO LUCRO - A GRI...

Agricultura orgânica, por...

ALGUMAS PERGUNTAS E RESPO...

Temos realmente algo para...

Aquecimento Global - Opin...

Geógrafo defende renovaçã...

Charles Darwin e a origem...

A aula de campo: além dos...

Turismo no ambiente rural...

Praias brasileiras, paisa...

Uma Verdade Inconveniente...

A EDUCAÇÃO FRENTE ÀS NOVA...

Parque Estadual da Pedra ...

Bullying no ambiente esco...

NO ESCURINHO DA CLASSE - ...

A SOCIEDADE DE CONSUMO EM...

A GEOGRAFIA E SUA IMPORTÂ...

O CONCEITO DE PÓS-MODERNI...

A CONSTRUÇÃO DO CONHECIME...

A PSICOLOGIA AMBIENTAL E ...

GLOBALIZAÇÃO A OLHO NÚ: I...

EDUCAÇÃO AMBIENTAL: DA ES...

PESQUISE:
Enviar textos, monografias e artigos para publicação.
Loading...
Contador de visitas ao site
Sites
Contador de visitas grátis
Pesquisar neste Site
 
As minhas fotos
subscrever feeds
blogs SAPO